Como escolher a tua base?

Como escolher a tua base?

Nem sempre é fácil escolher a base ideal. Isto é porque todos temos tons de pele diferentes. Embora existam muitas marcas que oferecem vários tons, nem sempre têm aquele que encaixa mais com o teu.

Anota alguns dos pontos importantes na hora de escolher:

Tipo de Pele

“O que é bom para um, não é para todos”

É importante conheceres bem a tua pele, porque cada um de nós tem características diferentes importantes a ter em conta. Daí que várias marcas apresentem várias texturas e formatos.

As texturas cremosas funcionam melhor na pele seca e a pele oleosa ou mista deve optar por cuidados oil-free. Confere o teu tipo de pele!

Tom de Pele

A base deve fundir no tom de pele. Costumamos experimentar a base nas mãos e, às vezes, a cor das mãos é diferente do rosto. Quando experimentas nas mãos há um bom truque que podes usar: coloca na zona mais próxima do polegar.

Foto81D

Foto81E

O mesmo tom funde perfeitamente na zona interior do polegar mas fica visível nas costas da mão.

Outra dica é testar na zona do pescoço. A cor costuma ser muito semelhante à da face e não precisam de mexer na vossa maquilhagem. Se for possível aplicar no rosto melhor ainda! Vão perceber se, ao espalhar, ela deixa de ser perceptível. É este o objetivo!

Cobertura

“Gostas de muita ou pouca cobertura?”

Aqui a opção é tua. A base tem que se enquadrar no teu estilo de vida.

– Gostas de usar base apenas para cobrir algumas imperfeições?

– Queres algo que seja fácil e rápido de aplicar ou gostas de perder algum tempo com o teu visual?

– Vais usar base durante o dia ou apenas em dias de festa?

– Queres ter sempre um rosto perfeito?

Faz estas perguntas a ti própria. Podes até optar por usar apenas um BB cream tudo em 1 ou fazer passo-a-passo até ao perfect look! Há coberturas muito diferentes adaptadas a todos os estilos.

Melhor ainda, podes ter bases diferentes e tons diferentes para adequar à pele no verão e inverno.

Foto81A.jpg

Texturas como cremes compactos são mais rápidos para aplicar e têm uma vantagem: podem transportar na carteira e retocar várias vezes ao dia. Até já traz a esponja incluída.

As bases mais fluidas como a da esquerda cobrem mais que os compactos e são discretas – a minha é a Vichy Teint Ideal 35. Dá luminosidade qb, corrige as imperfeições mas dá um aspeto muito natural. Tem uma duração suficiente para aguentar o dia de trabalho. O truque para aumentar a duração é não passar o dia a mexer na cara!

Para quem tem muitas marcas no rosto, manchas ou simplesmente gosta de Total Cover, a Vichy Dermablend é melhor. Sem brilho, é uma base de longa duração que deixa a pele uniforme e matificada.

COMPRAR VICHY

Aproveita os descontos com o cupão #naminhapele!

Podes usá-lo em qualquer compra e mais do que uma vez!

Forma de Aplicar

Há sempre três opções: esponja, pincel ou meter a mão na massa!

Na minha opinião, uma base nunca deve ser aplicada com as mãos. O objetivo da massagem ao aplicar um creme é ativar um mecanismo de absorção: aumenta a circulação sanguínea, os poros dilatam e o creme penetra melhor. Tal acontece como quando fazemos uma massagem corporal com óleos essenciais! Ora, se massajares assim uma base, o mais provável é que os poros abram, a base penetre, a cor tenda a desaparecer e os poros ficarão obstruídos.

A forma de contornar todo este processo é evitar o contacto entre as mãos e o rosto.

A esponja pode ser uma boa opção se utilizada corretamente. Deve ser aplicada em pancadas suaves e sem arrastar. As esponjas mais recentes como a Beautyblender distribuem a cor uniformemente e não deixam que fique acumulado em certas partes.

A minha opção continua a ser o pincel. A aplicação é super fácil, sem sujar as mãos. Consegue espalhar bem a base em movimentos circulares e a quantidade de produto que fica retido é pequena.

Os pincéis devem ser bem cuidados e lavados regularmente para impedir a acumulação de micróbios e impurezas. Fica aqui a sugestão para levares os teus pincéis em casa! Fica aqui a sugestão para levares os teus pincéis em casa!

Foto81F


 

It’s not always easy to choose the perfect foundation. That’s because we all have different skin tones. Although there are many brands that offer several tones, they do not always have the one that fits more with you.

Write down some of the important points:

Skin Type

“What is good for one is not good for everyone”

You must know your skin well, because each of us has different and important characteristics to take into account. Hence several brands present various textures and formats.

Creamy textures work best on dry skin and oily or mixed skin should go for oil-free care. Check your skin type!

Skin tone

The foundation should blend into your skin tone. We often try them on the hands and sometimes the color of our hands is different from face. When you try in your hands there is a nice trick: try in the area closest to the thumb.

Another tip is to test on the neck area. The color is usually very similar and you don’t need to mess your makeup. When it’s possible do a test on your face! You will realize, as you spread it, if it starts to merge with your skin. That’s your goal!

Coverage

“Do you like too much or too little coverage?”

This is your choice. The foundation has to fit your lifestyle.

– Do you like to use foundation just to cover some imperfections?

– Do you want something that’s easy and quick to apply or do you usually take some time to get your make done?

– Are you going to use makeup during the day or just at parties?

– Do you always want to get a perfect look?

Ask yourself these questions. You can even choose to use only an all-in-one BB cream or step-by-step till the perfect look! There are very different covers adapted to all styles.

Better yet, you can have different foundations and different colors to fit in summer and winter.

Foto81G.jpg

The more fluid bases like the one on the left cover more than the compact ones and they are discreet – mine is the Vichy Teint Ideal 35. It gives good luminosity, corrects imperfections and gives a very natural look. It’s long enough to handle a working day. The trick to increase its duration is not to spend the day touching your face!

For those who have many marks, blemishes or just like total cover, Vichy’s Dermablend is better. Not greasy at all, is a long-lasting foundation that leaves a velvet matte skin.

How to Apply

There are always three options: sponge, brush or get your hands dirty!

In my opinion, a foundation should never be applied by hand. The purpose of massage when applying cream is to activate an absorption mechanism: it increases blood circulation, pores dilate and creams penetrates better. Such happens as when we do a body massage with essential oils! Now, if you massage a foundation like this, the more likely it is that the pores will open, it will penetrate, the color will tend to disappear and the pores will become clogged.

The way to get around this process is to avoid contact between hands and face.

Sponges can be a good choice if used properly. It should be applied in gentle strokes and without drag. Newer sponges such as Beautyblender distribute color evenly and don’t let it accumulate in certain parts.

My choice remains with brushes. The application is super easy, without getting your hands dirty. It can well spread foundation with circular movements and get a smaller amount of product retained.

Brushes should be well cared for and washed regularly to prevent accumulation of microbes and impurities. Here is the suggestion to take your brushes home! Here is the suggestion to take your brushes home!

Foto81